Investimento Público

O Rio Grande do Norte tem um grau de investimento público com tendência decrescente desde 2006. Apesar disso, apresenta um movimento cíclico, com picos bem definidos que refletem um esforço recorrente de recuperação.

O investimento público estadual depende fortemente da geração de receita via transferências externas, e é constantemente limitado pelo alto custeio da máquina pública, em particular a alta proporção de gastos com pessoal.

Um equacionamento definitivo das contas públicas pode assegurar que o Estado alcance e mantenha a taxa de investimento ótima de 20% da receita corrente líquida, garantindo o crescimento e a diversificação da economia.

Investimento Público Estadual como Proporção da Receita Corrente Líquida - % - 2006/2012




Fonte: STN - Secretaria do Terouro Nacional